Tudo sobre o mundo de vídeo-produção

9 segredos para produzir um excelente documentário



Produzir um documentário é uma tarefa bastante complexa. Afinal, é necessário pensar em inúmeros detalhes de roteiro, gravação, edição e nuances cinematográficas que vão refletir o estilo do documentarista.


Para garantir que a sua obra tenha altíssima qualidade e originalidade, é fundamental seguir algumas etapas básicas de planejamento e criação. Pensando nisso, nós da E-black Design resolvemos trazer nove dicas práticas de como fazer um documentário. Confira:


1- Como fazer um documentário – Conceba uma ideia


Qual será o tema principal do seu documentário? Qual é a história que você pretende contar? Essas são as “perguntas-chave” para desenvolver a ideia central da obra.


Bons documentários se embasam em temas capazes de despertar fortes emoções ou reflexões em seus espectadores. Há aqueles que tratam de assuntos controversos ou questionam os padrões sociais. Outros narram eventos intrigantes do passado ou histórias de indivíduos inspiradores.


O renomado diretor Col Spector declarou que escolher um tema desinteressante e não fazer perguntas sobre a história que será contada são os dois maiores erros que um documentarista pode cometer. E ressaltou "Antes de filmar, pergunte a si mesmo o que está questionando e como esse filme expressa sua forma de enxergar o mundo”.


2- Como fazer um documentário − Crie um esboço


Um esboço é essencial para definir o conceito do documentário e convencer possíveis patrocinadores. Ele também te ajudará a determinar as premissas básicas do roteiro a ser desenvolvido e o seu padrão narrativo, conforme as particularidades do tema central. Durante a escrita do esboço, aproveite para pensar nos conflitos e dramas que podem ser explorados na obra.


3- Como fazer um documentário − Defina um cronograma


Após decidir o foco temático e o esboço do seu documentário, estabeleça um cronograma com os dias necessários para: escrever o roteiro; buscar participantes e entrevistá-los; fazer as filmagens e editá-las, escolher a trilha sonora, etc. É essencial determinar um prazo máximo para finalizar cada etapa, visando garantir que o fluxo de trabalho ocorra de forma consistente, sem qualquer procrastinação.


4- Como fazer um documentário − Construa um roteiro fluido e impactante


Os melhores documentários são aqueles que permitem ao espectador compreender o tema abordado sem ter conhecimento prévio sobre ele. Por isso, não exponha os detalhes mais complexos nos primeiros minutos do filme. Em vez disso, construa um roteiro no qual as informações são conectadas uma após a outra, e os fatos são “dissecados” progressivamente ao longo do filme.


Busque valorizar também as situações espontâneas e inesperadas, quando os protagonistas ficam indecisos, surpresos ou emocionados. Essas reações trazem mais sensibilidade ao roteiro e estimulam o espectador a criar uma conexão mais profunda com a sua história.


5- Como fazer um documentário − Encontre os protagonistas certos


Agora é o momento de selecionar os “personagens” mais relevantes para o seu documentário. Você pode buscar pessoas influentes ou que dominam o tema central de sua obra – autores que escreveram sobre o assunto ou professores que o estudaram profundamente.


Entretanto, nem sempre os protagonistas precisam ser pessoas famosas ou importantes. Eles podem ser indivíduos comuns, com experiências, dons ou talentos que sejam interessantes para a sua obra. Também podem ser cidadãos que presenciaram um fenômeno ou acontecimento marcante em primeira mão.


6- Como fazer um documentário − Filme cenas reais e instigantes


Ao contrário dos filmes de ficção, os documentários são totalmente embasados em imagens da vida real. O grande desafio é compor cenas verdadeiras que possam transmitir credibilidade aos espectadores e, ao mesmo tempo, surpreendê-los com tensões dramáticas, conflitos psicológicos, investigações e dilemas autênticos.

Por isso, esteja focado em conseguir o máximo possível de imagens verídicas. Busque eventos que apoiem o ponto de vista da obra, testemunhos, situações cotidianas e outros materiais que reflitam tão somente a vida real. Se o documentário for relacionado a algo do passado, entre em contato com agências ou pessoas que disponham de documentos ou filmagens históricas.


7- Como fazer um documentário − Não se esqueça do Rolo B


Além das cenas principais, um documentarista precisa gravar um material secundário chamado de “rolo B” ou b-roll, em inglês. Esta filmagem pode conter objetos, paisagens, pessoas ou veículos em movimento, panoramas urbanos, monumentos históricos ou quaisquer cenas que possam aumentar a fluidez visual do filme.


O propósito do rolo B é garantir um ritmo contínuo e agradável ao documentário, evitando que a narração fique entediante ou intricada demais. Além disso, ele é extremamente útil para disfarçar as falhas das entrevistas. Por exemplo, se alguém tossiu durante a fala, basta remover a tosse e colocar o áudio em cenas do rolo- B para “camuflar” o corte.


8- Como fazer um documentário − Edite com profissionalismo


Você já tem todas as filmagens finalizadas? Então, é hora de combiná-las e editá-las. Use um programa avançado de composição visual como o Da Vinci Resolve, que permite editar documentários de forma coerente e original, com correção de cores e efeitos cinematográficos.


Elimine todas as imagens que não se encaixam na lógica e temporalidade do filme − por exemplo, você deve remover as partes que não abordam diretamente o assunto principal do documentário. Não se esqueça de acrescentar a trilha sonora, respeitando as leis de direitos autorais e autorizações de uso.


E atenção: o ideal é não ter pressa para editar sua obra. Tire todo o tempo necessário para fazer tudo bem-feito. Quando achar que a edição já está acabada, dê uma pausa de 48 horas, assista ao filme outra vez e faça novas alterações se julgar necessário.


9- Como fazer um documentário − Testando e divulgando


Depois de editar o seu documentário, é hora de procurar espectadores que possam assisti-lo e dar uma opinião sincera sobre o roteiro e produção. Inicialmente, exiba o filme para amigos, familiares e outras pessoas confiáveis como colegas da faculdade, estudantes de cinema ou jornalismo.


Se possível, peça sugestões de melhorias para professores e especialistas do universo audiovisual. Somente após descobrir os pontos fortes e fracos da sua obra é que você deve enviá-la para festivais, concursos ou exibições para o grande público.

Gostou das nossas dicas? Então, não deixe de compartilhá-las em suas redes sociais!

Produtos

  • Câmeras Profissionais

  • DaVinci Resolve e Fusion

  • Switchers de Produção Ao Vivo ATEM

  • Ultimatte

  • Gravadores de Disco e Armazenamento

  • Captura e Reprodução

  • Digitalização de Filmes Cintel

Venda de equipamentos de informática,

 

foto, produção, áudio, vídeo, broadcast e cinema.

Blog

Fórum BCTV

Produtos

  • Conversão de Padrões

  • Conversores Broadcast

  • Monitoramento de áudio e vídeo

  • Equipamentos de Teste e Medição

  • MultiView

  • Roteamento e Distribuição

  • Streaming e Codificação

  • Atem Mini

  • Atem Mini Pro

Categorias

Suporte 

Horário de Atendimento

De 2ª à 6ª feira, das 9h às 18h

E-mail: comercial@bctv.com.br

Sobre a BCTV Projetos e Equipamentos

  • Sobre a Blackmagic Design

  • Sobre a BCTV Projetos e Equipamentos

  • Presença na SET Expo

  • Lançamentos NAB Blackmagic

Para mais informações sobre produtos e serviços da BCTV Projetos e Equipamentos preencha o formulário de contato e aguarde o breve retorno da nossa equipe de atendimento.

  • Facebook ícone social
  • Insta e-Black.com.br

2020 BCTV Projetos e Equipamentos

CLP SOLUÇÕES COMERCIO E SERVIÇOS DE INFORMÁTICA EIREL - CNPJ: 29.494.455/0001-92

Rua Itapeva, 26 – Cj. 1106/1107 - Bela Vista - São Paulo – SP

comercial@bctv.com.br | (11) 4800-5015

Prazo de entrega de 2 a 30 dias úteis (podendo sofrer alteração dependendo da localização)

  • email
  • Facebook ícone social
  • Insta e-Black.com.br