top of page

Tudo sobre o mundo de vídeo-produção

Barco Silex anuncia codec para ajudar indústria broadcast na migração para workflows IP

O protocolo RTP para o VC-2 permite sua integração em ambientes IP, diminuindo o consumo de banda em até 4 vezes.

A Barco Silx, provedora de soluções de compressão de vídeo para o mercado broadcast, anuncia a disponibilidade do protocolo RTP (Real-time Transport Protocol) para o codec de compressão de vídeo VC-2. O lançamento ajuda o mercado broadcast neste momento de migração de fluxos de produção SDI para IP e permitirá a adoção do padrão VC-2 neste contexto.

O encapsulamento RTP para o VC-2, de acordo com o projeto IETF, permite o transporte de vídeo da mesma maneira que é proposta no stream sem compressão da recomendação VSF TR-03. Com esse encapsulamento em pacotes TRP, segundo a Barco Silex, se torna extremamente fácil trocar o stream sem compressão por seu stream codificado VC-2 equivalente. A operação reduz o consumo de banda da rede em até 4 vezes, garante a fabricante.

A recomendação VSF TR-03 define como carregar sinais de vídeo/áudio através de infraestruturas Ethernet padrões. O transporte de vídeo é baseado no RTP e é muito flexível, já que cada mídia é transmitida separadamente. Cada stream de video pode, então, ser codificado para reduzir sua largura de banda com um padrão aberto como o VC-2 (SMPTE 2042).

A necessidade de um codec com baixas taxas de compressão é movimentado hoje pela crescente qualidade de imagem usada em produções, e a transição para infraestruturas baseada em IP. O padrão VC-2 é um codec de compressão de video leve para aplicações de baixa latência.

A fabricante demonstra essa e outras novidades durante o NAB Show 2016, em Las Vegas. Nossa equipe realiza a cobertura em tempo real do evento em nosso portal.

Fonte:www.panoramaaudiovisual.com.br

Commenti


bottom of page